Tecnologia do Blogger.

.

.

.

.

Re-twitter Aqui

Esteros

The Amazing Spider-Man | Roteirista fala do reboot de Homem-Aranha

Postado por Aldemir Alves da Silva às 15:06


Steve Kloves, um dos roteiristas creditados em The Amazing Spider-Man, ao lado de James Vanderbilt e Alvin Sargent, falou aos nossos parceiros do Collider sobre o novo filme doHomem-Aranha.
Segundo Kloves, o grosso do seu trabalho foi desenvolvimento de personagens e diálogos. "Eu não estava disposto a aceitar o trabalho, mas conhecia [a produtora recém-falecida] Laura Ziskinmuito bem, assim como o marido dela, Alvin Sargent. Vendo o primeiro filme [da trilogia] você pode ver que muita coisa ali é Alvin puro. Eu sabia que eles queriam que esse novo filme ficasse bom. E eu também queria muito escrever para Emma Stone. Então em basicamente assumi coisas de personagem e diálogo. Mexi um pouco na trama também, mas a maior parte já estava pronta. Gostei de escrever alguns diálogos e realmente me concentrei na personagem de Emma", diz Kloves, em referência à Gwen Stacy do filme.
Sobre o tom do filme: "Eles me disseram que queriam fazer um Peter Parker bem real, e pra mim, quando criança lendo a HQ, Peter Parker era de fato bem real, e eu consigo escrever coisas assim. Revendo o primeiro filme, Tobey [Maguire] era meio um nerd feliz. Ele tirava foto da Mary Jane, sorria, não era travado, e isso funcionou - mas era o estilo de Sam Raimi. Eu não conseguiria ter escrito aquilo. Então eu não sei como vai ficar agora, mas eu tentei escrever de um jeito bem, bem naturalista. Tem bastante humor, mas é um humor natural, não tem piadas. Tentei fazer com que esses personagens parecessem reais".
Kloves diz que já foi procurado pela Sony para ajudar no roteiro da continuação, mas recusou."Tivemos um caso, não quero que vire compromisso. Acho que esse filme vai dar certo. É um reboot de verdade. Quando eu cheguei, disse que não queria imitar o que Sam e Tobey haviam feito, e eles me disseram que seria um recomeço completo."
Uma das novidades é o disparador mecânico de teia. "Havia uma razão pra isso. Era uma questão de escolher entre uma coisa orgânica ou mecânica. É tudo muito complicado e, como você sabe, sempre acaba envolvendo a Marvel, porque eles têm uma lista de coisas, boas na maioria, pra não deixar que venha alguém e destrua esse personagem fantástico que eles criaram... Perguntei sobre isso [os disparadores], não me lembro por quê, mas estava complicando as coisas pra mim, então eu questionei por que tinha que ser daquele jeito. Mas no fim escrevi algumas coisas legais com aquilo, e Mark [Webb, diretor] também tinha ótimas ideias."

0 comentários:

Leave a Reply

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Total de visualizações de página

Seguidores

Arquivo do blog